Potencial de Acuidade Visual: definindo a força máxima dos olhos

21 janeiro, 2020     Nenhum comentário     tech_4dmin

potencial de acuidade visual

O Potencial de Acuidade Visual é o exame que busca estimar o nível máximo de visão que um olho pode atingir, caso a doença ocular de base for corrigida. 

Existem problemas oculares que, mesmo após a cura, podem deixar defeitos visuais irreversíveis. Assim, o PAV é um dos procedimentos indicados para tentar antever a acuidade visual final após um possível tratamento oftalmológico ou cirurgia.

O teste de acuidade serve, também, para analisar se o paciente é capaz de diferenciar o contorno e formato das coisas. É válido lembrar que os exames oftalmológicos devem ser realizados periodicamente para prevenir doenças ou fornecer a médicos e pacientes diagnósticos precisos, o que facilita potenciais tratamentos.

O significado de “acuidade”

Acuidade significa que a pessoa tem grande capacidade de percepção. Quando falamos de visão, a acuidade se relaciona com o modo como uma pessoa consegue enxergar com nitidez os elementos à sua frente, sendo capaz de distinguir cores, formas e tamanhos.

Então, o teste de acuidade visual é o melhor exame para verificar a capacidade funcional da vista do paciente. Quanto melhor o resultado, maior é a habilidade de enxergar perfeitamente.

O exame para definir o potencial de acuidade visual é algo muito comum, principalmente no ambiente de trabalho. Afinal, o procedimento serve para fazer uma avaliação e verificar se o trabalhador possui algum problema na visão prévio ao início de suas tarefas. Nesse contexto ele também é realizado com o objetivo de observar se existe algum risco que possa afetar a sua saúde ou dos colegas.

Quando é detectado um funcionamento mais baixo da visão, outros exames devem ser feitos para investigar o caso. Eles vão servir para determinar a origem do problema e os possíveis métodos para corrigi-lo. 

Podemos concluir, então, que o potencial de acuidade visual é a forma mais simples, rápida e barata de descobrir anomalias nos olhos.

Como é feito o exame de Potencial de Acuidade Visual?

O exame é executado por técnico especializado, após preparo adequado dos olhos do paciente (lubrificação e hidratação da superfície ocular), e, posteriormente, analisado e interpretado pelo oftalmologista. É indolor, não-invasivo e sem contato direto, sendo apenas necessário que a pupila esteja dilatada.

A dilatação da pupila é necessária em determinados casos e, quando ocorre, pode prejudicar a vista por algumas horas, mas não há dor constante ou perda de visão. O colírio anestésico pode arder por alguns segundos, mas é só isso.

É indicado para os pacientes com baixa acuidade visual e também para os que desejam realizar transplante de córnea ou cirurgia de catarata.

Recomendamos que, para esse teste, o paciente leve um acompanhante, apenas por segurança. Quando a pupila é dilatada, a pessoa pode apresentar um pouco de dificuldade para enxergar nos minutos subsequentes. Dessa forma, dirigir ou operar máquinas pesadas após o exame não é uma opção.

O teste dura aproximadamente 20 minutos e o laudo sai no momento da realização do exame.

Por fim, não é preciso temer o exame de Potencial de Acuidade Visual. Assim como a maior parte dos procedimentos oftalmológicos, ele é extremamente confiável para se obter um diagnóstico preciso.

O Centro de Oftalmologia Avançada oferece aos seus pacientes instalações modernas em um ambiente agradável para realização de todos os exames e tratamentos, incluindo o PAV. Se quiser realizar sua visita, agende sua consulta com um dos nossos especialistas. Estamos à disposição para garantir uma experiência oftalmológica de qualidade e com o menor desconforto possível.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 11 =

Cadastre-se em nossa newsletter