Você tem Síndrome do Olho Seco? 

20 dezembro, 2021     Nenhum comentário     tech_4dmin

síndrome do olho seco

O dia a dia da gente é tão agitado que muitas vezes sentimos algum incômodo nos olhos, mas não nos damos conta de que pode ser algo mais sério. E, com o passar do tempo, tal sinal passa a ser parte do nosso cotidiano.

Agora me responda: algum desses sintomas te incomodou durante os últimos meses?

(   ) olhos continuamente vermelhos

(   ) Ardência no olhos

(   ) Lacrimejamento constante

(   ) Visão embaçada

Se você se identificou com um ou mais desses sinais é bem provável que esteja com a Síndrome do Olho Seco. Trata-se de uma condição oftalmológica caracterizada pela diminuição da quantidade de lágrimas, deixando o olho um pouco mais seco que o normal.

O que causa a Síndrome do Olho Seco?

Qualquer pessoa está sujeita a ter a Síndrome do Olho Seco em qualquer fase da vida. No entanto, ela é mais comum após os 40 anos de idade, afetando indivíduos que trabalham exclusivamente com computador.

O desenvolvimento da síndrome se dá por um conjunto de causas, como ficar muito tempo em ambientes secos, com ar condicionado ou vento, utilizar o computador horas a fio e sem piscar e fazer uso de alguns tipos de remédios, entre eles o de alergia e pílulas anticoncepcionais.

Outra razão para o surgimento do problema – mais comum do que a gente imagina, inclusive – é o uso contínuo de lentes de contato. Elas funcionam como esponjas, absorvendo a umidade natural da região, o que acaba deixando a área ocular mais ressecada.

Além disso, a limpeza inadequada das lentes de contato provoca os mesmos sintomas da Síndrome do Olho Seco. Contudo, sua piora vai acontecendo aos poucos, podendo levar o paciente até à cegueira.

Outra causa comum do olho seco é a exposição exagerada ao sol, principalmente no verão, em que as pessoas vão muito à praia, clube e cachoeira sem óculos de sol com filtro UV. Os raios solares, juntamente com o vento, costumam ser nocivos aos olhos, piorando a secura ocular.

Além desses mais comuns, outros fatores também podem causar a Síndrome do Olho Seco. São eles a menopausa, cuja alteração hormonal altera o funcionamento das glândulas lacrimais, e doenças como artrite reumatóide e lúpus, que atingem o sistema imunológico, causando secura na boca e olhos.

Sintomas e tratamento

Como o próprio nome diz, o principal sintoma da Síndrome do Olho Seco é a secura nos olhos, uma sensação que desenrola uma série de outros incômodos, tais como:

  • Vermelhidão;
  • Coceira;
  • Irritação;
  • Ardência;
  • Visão turva;
  • Sensação de corpo estranho, como se tivesse areia nos olhos;
  • Fotofobia (Sensibilidade à luz).

Em casos mais graves, a Síndrome do Olho Seco pode causar até dificuldade em movimentar as pálpebras, aumentando a produção de muco na região.

Embora o incômodo seja perturbador, existe tratamento para a Síndrome do Olho Seco que não exige internação. O uso de lágrimas artificiais ou colírios ajuda a lubrificar os olhos, diminuindo o desconforto provocado pela secura ocular.

Em casos mais específico, o médico oftalmologista pode acrescentar na prescrição antibióticos e anti-inflamatórios para evitar que a infecção atinja todo o olho. Em situações em que apenas a medicação não basta podem ser feitas intervenções clínicas para desobstruir o canal lacrimal.

Vale ressaltar que, para diagnóstico e tratamento, um médico oftalmologista deve ser consultado. Só ele é capaz de avaliar e identificar e tratar a Síndrome do Olho Seco a partir de remédios de uso tópico que tenham a ver com essa condição.

 

O melhor mesmo é procurar um especialista para te atender. Aqui no COA nossos médicos são capacitados para diagnosticar essa e outras patologias oculares. Agende agora sua consulta com a gente e lembre-se: sua saúde é prioridade!

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =

Cadastre-se em nossa newsletter