Torcida saudável: cuidados para curtir os jogos sem prejudicar a visão

27 junho, 2018     Nenhum comentário     tech_4dmin

Em época de Copa do Mundo, o Brasil se concentra par ver os jogos e torcer pela nossa seleção. É a competição de futebol mais esperada, afinal só acontece a cada 4 anos, e por isso a euforia toma conta de todos os brasileiros. Sozinhos ou com os amigos, há sempre uma mensagem de incentivo ou um olhar mais crítico para aqueles que estão em campo.

Mas o que a Copa do Mundo tem a ver com a sua visão? Muitas vezes nem notamos o quão perto se está do aparelho de TV. E para aquele torcedor que prefere mais proximidade para não perder nem um lance do jogo, é bom tomar alguns cuidados para não prejudicar a visão.

No tempo das nossas avós havia uma orientação que era: “não assista TV de perto que faz mal a vista”. Naquela época até fazia algum sentido já que os aparelhos de TV´s emitiam radiação que prejudicavam os olhos. Hoje, as TV´s saem das fábricas com as telas seguras para serem olhadas a qualquer distância. Mas isso não é tudo!

Mesmo não havendo radiação, existem ainda, outras possibilidades de prejuízo aos olhos. Por isso, a regra é clara: todo cuidado com sua visão é pouco!

Você sabia que a proximidade excessiva da televisão pode irritar e até mesmo ressecar os seus olhos? Para não perder aquela jogada ficamos, muitas vezes, com os olhos fixos em frente a TV e isso, é claro, não é indicado. A tendência, com esse vício, é piscar cada vez menos, deixando assim os olhos expostos por mais tempo. Isso favorece alguns sintomas como ressecamento, vermelhidão, lacrimejamento e embaçamento visual.

A recomendação, nesse caso, é piscar mais vezes e descansar os olhos, saindo de frente do aparelho por alguns minutos. A situação costuma ser transitória, mas se os sintomas persistirem é aconselhável o uso de um colírio indicado pelo oftalmologista.

Outra situação muito comum entre os amantes da televisão é assistir à TV em local escuro. Esse contraste entre o ambiente e a luminosidade do aparelho deixa a visão desconfortável. A orientação é que a luminosidade do ambiente não seja nem forte demais e nem muito escura; o ideal é o equilíbrio para harmonizar o local e a TV.

No entanto, se há uma necessidade cada vez mais frequente de se aproximar da televisão para enxergar melhor, isso pode ser um indicador de um problema na visão. Neste caso, não adianta pingar colírios e nem descansar os olhos. Faça tão logo seja possível uma consulta oftalmológica para ver se você não tem algum problema visual, especialmente algum defeito de grau que necessita correção.

Melhore o seu conforto visual

 

Com os jogos da Copa, a tendência é ficarmos diante da TV por mais tempo. Além dos jogos, é forte a audiência nos noticiários esportivos. Então, assista ao seu jogo favorito e veja todos os noticiários sobre o mundial com conforto. Sabe como? Evite cansar os seus olhos ou submetê-los a um esforço excessivo.

Se diante da TV você começar a sentir cansaço, dor de cabeça ou tontura é sinal de que algo está errado. Procure piscar mais para lubrificar os olhos e encontre uma posição confortável para esse momento de relaxamento.

Mas a comodidade não está só na forma como você se assenta para assistir ao seu programa preferido. Você sabia que existe uma distância de conforto para ver televisão? Para evitar qualquer incômodo visual, a TV deve estar longe o bastante do usuário para que as trocas rápidas de imagem não façam os olhos “pularem” para os cantos da tela.

A distância ideal costuma ser duas a três vezes maior que a largura da própria televisão. A observação desta distância é recomendável para evitar qualquer tipo de incômodo nos olhos.

Existem algumas recomendações de distância média ideal entre TV e sofá que são baseadas no tamanho, em polegadas, do aparelho:

32 polegadas   –  1,8m de distância

42 polegadas   –  2,4m de distância

50 polegadas  – 2,8m de distância

60 polegadas  – 3,4m de distância

71 polegadas   –  3,8m de distância

Uma última dica: nunca use um colírio indicado por um amigo ou vizinho. O que é bom para ele, pode não ser pra você. Consulte sempre um médico oftalmologista.

Seguindo estas recomendações, você preserva os seus olhos e ainda poderá torcer para a seleção brasileira com muito mais conforto, pelo menos visual!

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =

Cadastre-se em nossa newsletter