Abril Marrom e a prevenção da cegueira

02 abril, 2021     Nenhum comentário     tech_4dmin

Chegou abril e, mais uma vez, o COA veste a camisa do Abril Marrom para abraçar essa campanha que emite um importante alerta para a população: a prevenção é a melhor forma de evitar a cegueira. 

Grande parte das doenças mais perigosas que podem acometer nossa visão são silenciosas, ou seja, só é possível detectá-las precocemente realizando exames oftalmológicos de rotina.

Preste atenção neste dado: a cada 5 segundos, 1 pessoa se torna cega no mundo. Apenas no Brasil, a estimativa é que cerca de 1,6 milhão de indivíduos sejam cegos, o equivalente a 0,75% da população nacional. No entanto, a maioria desses casos poderia ter sido evitada se houvesse diagnóstico médico precoce e tratamento adequado.

Entre as principais causas evitáveis de cegueira estão a catarata, a degeneração macular relacionada à idade, a retinopatia diabética e o glaucoma. Cuide com carinho dos seus olhos e não deixe de visitar o oftalmologista com regularidade, ao menos uma vez ao ano. Essa é a melhor forma de garantir uma boa visão.

Causas evitáveis de deficiência visual

Os erros refrativos não corrigidos são os maiores responsáveis pelo comprometimento da visão. Esses também são os distúrbios oculares mais frequentes e contam com mais de 2 milhões de casos por ano no Brasil.

Conheça, abaixo, cada um deles.

Miopia

A miopia é caracterizada por um globo ocular mais “longo”, o que provoca a formação da imagem antes que a luz chegue até a retina. Quem possui a condição tem dificuldade para enxergar objetos distantes, que ficam embaçados.

Hipermetropia

A hipermetropia é o oposto da miopia, ou seja, o olho é mais “curto”, o que faz com que a imagem se forme depois da retina. Assim, para quem tem a doença, é mais difícil enxergar objetos próximos.

Astigmatismo

Esse problema ocorre quando a córnea tem uma curvatura irregular, ovalada, o que faz com que a luz sofra desvios e forme a imagem em múltiplas regiões. Como existem múltiplos focos, quem tem o astigmatismo enxerga “borrados” tanto objetos próximos como os mais distantes.

Presbiopia

A capacidade do olho de focalizar objetos claramente a várias distâncias depende da flexibilidade de acomodação do cristalino do olho. Essa flexibilidade diminui gradualmente com a idade.

A condição é denominada presbiopia, cujos erros refracionais podem ser tratados de forma simples, com a utilização de óculos (ou lentes de contato) e cirurgia refrativa, que é a remodelação da córnea por laser.

A importância do teste do olhinho

Esse é um exame rápido e indolor que consiste na identificação de um reflexo vermelho, que aparece quando um feixe de luz ilumina o olho do bebê – algo semelhante ao observado nas fotografias.  O Teste do Olhinho deve ser realizado ainda na maternidade, em todos os recém-nascidos.

Apesar de ser um exame muito simples, ele é extremamente importante para detectar de forma precoce qualquer alteração que cause obstrução no eixo visual e possa atrapalhar o desenvolvimento normal da visão nas crianças. Entre as doenças detectadas pelo Teste do Olhinho estão o glaucoma congênito, tumores intraoculares grandes, inflamações intraoculares e as hemorragias intravítreas.

 

Os cuidados com a visão devem começar desde cedo, pois o quanto antes o problema for diagnosticado, melhores são as chances de um tratamento ser eficiente. Por isso, fique atento e não deixe de consultar o seu oftalmologista regularmente!

Nós do COA estamos à disposição para que você e sua família possam fazer consultas com tranquilidade e segurança em tempos de Covid-19. Realizamos todos os tipos de exames e cirurgias oftalmológicas, ajudando nossos pacientes a terem mais qualidade de vida.
Agende sua consulta com a gente!

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 4 =

Cadastre-se em nossa newsletter