Colesterol alto: saiba como ele pode afetar sua visão! 

08 agosto, 2021     Nenhum comentário     TWM

Que as alterações no colesterol afetam nossa saúde não é uma novidade. A doença silenciosa provoca complicações como doenças arteriais, acidente vascular cerebral, além de afetar a saúde dos olhos. 

De acordo com o Ministério da Saúde, quatro em cada 10 brasileiros têm colesterol alto. A taxa da doença chega a 20% entre adolescentes de 12 a 17 anos. Identificado nos exames de sangue, o substância é importante para nosso corpo, entretanto, suas alterações provocam diversas doenças.

No corpo humano há dois tipos de colesterol, um considerado benéfico e maléfico para o corpo. O HDL é denominado “bom”, enquanto o LDL é considerado “ruim”. 

Apesar de seu excesso causar doenças, a substância é fundamental para nosso corpo. Hoje (8), no dia Dia Nacional de Combate ao Colesterol, conheça as doenças da visão ocasionadas pelos altos níveis da substância. 

Por que precisamos do colesterol no corpo?

O colesterol é um tipo de gordura presente em diversas estruturas do corpo. Ele é importante para o funcionamento dos nervos, coração, intestino e das células do cérebro. 

A substância também é essencial para nossa pele e músculos. Os ácidos biliares, que são responsáveis por ajudar na digestão das gorduras da alimentação, por exemplo, possuem a substância.

Entretanto, ele se torna um vilão quando há um excesso do LDL. O excedente está relacionado a alimentação e questões genéticas, que afetam a capacidade do fígado em remover o colesterol. 

Isso porque cerca de 30% da substância está relacionado a nossa alimentação e outros 70% vem do fígado. Essa capacidade do fígado de alterar os níveis de desse tipo de gordura pode atuar de forma singular para cada indivíduo. 

Diferente do imaginário popular, o colesterol alto não está relacionado exclusivamente ao peso. Pessoas magras também podem desenvolver altos níveis. 

Essa alteração provoca o entupimento de veias e artérias, que pode gerar diversas doenças cardiovasculares, hipertensão arterial e até diabetes.

Como o colesterol afeta nossos olhos?

O excesso da substância pode causar alguns danos para a visão. Um deles está ligado ao fato da doença estar associada a outras complicações para a saúde, como diabetes e hipertensão arterial.

As duas doenças comprometem a saúde da visão, provocando problemas como  oclusão de vasos da retina e doenças retinianas, que são lesões na retina ocular.  Em alguns casos, pode ocasionar o risco de perda severa da visão. 

Outra complicação para os olhos associada ao colesterol alto é a formação de placas de gordura. Elas circulam pela corrente sanguínea e podem obstruir a passagem de sangue para a retina e tecidos oculares. 

Além dessas condições, a doença pode ocasionar sínquises cintilantes. Nesse caso, a substância está ligada ao acúmulo de cristais de colesterol no humor vítreo. Nesses casos, o paciente os vê como pontinhos  passando à frente da visão. 

O colesterol alto também pode aparecer na região das pálpebras com a Xantelasmas. Visualmente, a doença se manifesta na superfície da pele ou ao redor dos olhos com depósitos de gordura e colesterol.  A condição é comum em adultos. 

Não contagiosa, a lesão da Xantelasmas é removida a partir de cirurgia. Apesar de não causar dor, a doença pode ser incômoda. 

Assim como nosso corpo, é possível que nossos olhos possam sofrer com “derrames”. Nesses casos, a situação é caracterizada pela baixa visão repentina. 

Outra doença desencadeada pelo colesterol alto é a aceleração e agravamento de retinopatias diabéticas e hipertensas. Nessas situações, pode causar turvação visual crônica. 

Saiba como evitar o colesterol alto

Para controlar os níveis de colesterol ruim, é importante a adoção de um estilo de vida saudável com alimentação balanceada. Para isso, é importante uma dieta equilibrada, pobre em gorduras. 

Para quem tem histórico familiar de distúrbios metabólicos, é importante que o cuidado seja redobrado. Afinal, há um risco direto de desenvolver doenças cardiovasculares, que estão ligadas ao altos níveis de  LDL. 

Além do estilo de vida saudável, é importante consultar regularmente um oftalmologista. O especialista poderá identificar a doença e oferecer tratamento adequado. 

No Centro de Oftalmologia Avançada (COA), há uma equipe preparada para atender diversas necessidades oftalmológicas. Entre em contato com nossa equipe e agende uma avaliação.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × quatro =

Cadastre-se em nossa newsletter