Conjuntivite no calor: como evitar?

05 janeiro, 2024     Nenhum comentário     tech_4dmin

ilustrando artigo sobre conjuntivite no calor, temos a foto de uma moça jovem e branca, de olhos verdes, olhando para cima; seu globo ocular esquerdo está levemente avermelhado

Algumas doenças são famosas por aparecerem no verão e uma delas é a conjuntivite. Afinal, com a chegada do calor, muitas pessoas se animam para aproveitar as atividades ao ar livre, mas é importante lembrar que o aumento das temperaturas também pode trazer consigo alguns inconvenientes, como é o caso, especialmente, da temida conjuntivite.

Essa condição ocular, caracterizada pela inflamação da membrana que reveste a parte interna das pálpebras e a superfície do globo ocular, pode se manifestar com maior frequência durante as estações mais quentes.

Entre seus sintomas mais comuns estão vermelhidão, sensibilidade à luz, lacrimejamento, irritação, ardência e secreção amarelada nos cantos dos olhos.

Mas, afinal, o que causa conjuntivite no calor?

A conjuntivite pode ser desencadeada por diferentes fatores, incluindo vírus, bactérias, alergias e irritações. No calor, algumas causas se tornam mais proeminentes, como a exposição intensa à luz solar, o contato com água contaminada em piscinas ou praias, e até mesmo o uso prolongado de lentes de contato.

Para passar pela estação livre do problema, siga estes cuidados:  

Proteja seus olhos do sol

Use óculos de sol com proteção UV para reduzir a exposição direta aos raios solares. Isso não apenas previne a conjuntivite, mas também protege contra outros problemas oculares relacionados à exposição solar.

Evite compartilhar objetos pessoais

A conjuntivite é altamente contagiosa. Evite compartilhar toalhas, travesseiros, maquiagem ou outros objetos pessoais que possam facilitar a propagação da infecção.

Higienize as mãos regularmente

Lave as mãos com frequência, especialmente após ter contato com superfícies de uso coletivo. Isso reduz a chance de transferir germes para os olhos ao tocá-los inadvertidamente.

Cuidado com as piscinas e praias

Evite nadar em águas contaminadas e use óculos de mergulho para proteger os olhos contra irritantes presentes na água.

Limpe adequadamente as lentes de contato

Se você usa lentes de contato, siga rigorosamente as instruções de limpeza e evite dormir com as lentes para reduzir o risco de infecções oculares.

Ao adotar essas precauções simples, é possível desfrutar plenamente das atividades sob o sol sem se preocupar com a conjuntivite. Lembre-se de que a prevenção é a chave para manter seus olhos saudáveis durante as estações mais quentes.

Precisa de ajuda? Chama o COA!

Ao primeiro sinal de vermelhidão, coceira ou secreção nos olhos, consulte um oftalmologista. O diagnóstico precoce é fundamental para um tratamento eficaz.

Os profissionais do COA estão à disposição para te dar essa força. Entre em contato para pré-agendar sua consulta com a gente!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =

Cadastre-se em nossa newsletter