Cuidados diários com a pele dos olhos

26 novembro, 2020     Nenhum comentário     tech_4dmin

Cuidados com o corpo de forma geral estão em alta, envolvendo hábitos que mudam nossa rotina. Cada pessoa tem o seu ritual diário para tratar os cabelos e hidratar o corpo. Mas você já parou para pensar que a pele dos olhos pode acabar sendo negligenciada?

Afinal, a maioria dos cosméticos avisa para “evitar a região dos olhos”, certo?

Assim como todo o corpo, a pele dos olhos também requer nossa atenção. Por ser um local sensível e pouco protegido, essa região fica mais propícia às agressões externas, devendo ser limpa e cuidada diariamente.

Diferença entre a pele dos olhos e a do restante do rosto

A pele dos olhos não é só sensível, mas é 4 vezes mais fina que a pele do restante do corpo – incluindo a do rosto. Acontece que as glândulas sebáceas, responsáveis por proteger a pele, aparecem em quantidade reduzida nessa região, aumentando o risco de agressões e contaminações.

Além de ser uma área bastante afetada pelos sinais da idade, como olheiras, bolsas e rugas, alguns produtos podem contribuir para o aumento da sensibilidade da pele dos olhos. Um exemplo é justamente o item cosmético que avisa para evitar essa área, já que provavelmente contém substâncias capazes de irritar o órgão.

E, infelizmente, tem mais…

Além das agressões vindas do sol, poeira e poluição, alguns produtos não adaptados para a região ocular podem ocasionar reações alérgicas, inchaço, prurido, vermelhidão na pele e nos olhos, levando a coceiras, conjuntivite e contaminações na mucosa ocular.

Como tratar a pele dos olhos

A atenção diária com os olhos é essencial para blindar a visão e toda a saúde ocular, reduzindo as chances do desenvolvimento de doenças como catarata e problemas na retina.

Uma medida básica é utilizar óculos de sol de qualidade e com filtros UV sempre que sair de casa, mesmo em dias nublados. Além de aumentar o conforto visual quando estamos ao ar livre, o acessório protege os olhos dos efeitos nocivos da radiação solar.

Aqui cabe uma ressalva: tomar sol é muito bom e necessário; porém, a radiação solar favorece o surgimento da Degeneração Macular Relacionada à Idade, ou DMRI. Os raios UV causam pequenos danos na mácula, área da retina responsável pela visão central, ocasionando perda progressiva da visão, principalmente em pessoas acima dos 50 anos.

Por isso a necessidade de usar óculos escuros.

Outro fator importante é manter a higienização, ou seja, não descuidar da limpeza dos olhos. Mantenha a região livre de produtos químicos utilizados no dia a dia, como filtro solar e maquiagem, por exemplo. Resquícios desses cosméticos podem causar alergias e irritações.

Por último, mas não menos importante, está a hidratação. Muitas vezes negligenciamos um hábito fundamental para a saúde ocular, que é o de piscar. O movimento de abrir e fechar as pálpebras é responsável por manter os olhos lubrificados e saudáveis.

A lubrificação extra pode ser receitada pelo oftalmologista, principalmente a quem utiliza muito o computador!

E, por falar em lubrificação dos olhos…

… o uso de colírio é comum para aliviar o desconforto causado pelo ressecamento dos olhos, ou para tratar vários tipos de doenças, com ação anti-inflamatória, antialérgica, antibiótico, descongestionante, entre outros.

Mas, independentemente do tipo de colírio ou do motivo do seu uso, é importante ter responsabilidade. Nunca utilize nada nos olhos sem a orientação do oftalmologista!

O medicamento, visto muitas vezes como inofensivo, é um produto químico sério, que pode ocasionar efeitos colaterais, como qualquer outro remédio. A situação pode ficar ainda pior caso a aplicação do colírio seja feita de forma incorreta.

Portanto, lembre-se: ir ao médico também deve fazer parte da rotina de cuidados com os olhos. A equipe médica do COA está à sua disposição para tratar e prevenir doenças oculares.

Agende sua consulta e vamos conversar!

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − dois =

Cadastre-se em nossa newsletter