Diferenças básicas entre blefarite e conjuntivite

21 junho, 2024     Nenhum comentário     tech_4dmin

olho de mulher com ferida vermelha na pálpebra ilustra artigo sobre diferenças entre blefarite e conjuntivite

Você já ouviu falar em blefarite? O problema é bastante comum e, devido às semelhanças dos sintomas, é frequentemente confundido com outra condição ocular igualmente conhecida: a conjuntivite. Para evitar essa confusão, que pode atrasar a busca por ajuda especializada, vamos esclarecer as diferenças entre essas duas doenças oculares.

Blefarite

A blefarite é uma inflamação das pálpebras, que geralmente ocorre devido ao acúmulo de óleo nos pequenos ductos das glândulas localizadas nas bordas das pálpebras. Essa condição pode causar sintomas como coceira, vermelhidão e descamação das pálpebras. 

Além disso, é comum que os pacientes sintam sensação de corpo estranho nos olhos e tenham a impressão de que estão sempre “com areia nos olhos”.

A blefarite pode ser desencadeada por uma série de fatores, incluindo a produção excessiva de óleo pelas glândulas das pálpebras, infecções bacterianas ou ácaros dos cílios. O tratamento geralmente envolve a limpeza regular das pálpebras com soluções específicas e, em alguns casos, o uso de antibióticos tópicos.

Conjuntivite

Por outro lado, a conjuntivite é uma inflamação da membrana transparente que reveste a parte branca do olho e a superfície interna das pálpebras, chamada conjuntiva. Esta condição pode ser causada por infecções virais, bacterianas ou alérgicas, e seus sintomas incluem vermelhidão, sensação de queimação, lacrimejamento excessivo, secreção ocular e sensibilidade à luz.

A conjuntivite é altamente contagiosa e pode se espalhar facilmente através do contato direto com as mãos ou objetos contaminados. O tratamento varia de acordo com a causa subjacente, mas geralmente inclui a aplicação de colírios lubrificantes, compressas frias e, em alguns casos, medicamentos antivirais ou antibióticos.

Diferenças-chave entre blefarite e conjuntivite

Enquanto a blefarite se concentra principalmente nas pálpebras e é causada pelo acúmulo de óleo, a conjuntivite afeta a membrana externa do olho e pode ser de origem viral, bacteriana ou alérgica. 

Vale lembrar, também, que a blefarite não é contagiosa, ao contrário da conjuntivite, que pode se espalhar facilmente de uma pessoa para outra.

Em resumo, embora a blefarite e a conjuntivite possam apresentar sintomas semelhantes, é importante diferenciá-las para garantir o tratamento adequado. 

Se você estiver enfrentando problemas oculares, consulte sempre um oftalmologista para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado. A equipe do COA está sempre à disposição. 

Entre em contato e pré-agende sua consulta!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + oito =

Cadastre-se em nossa newsletter