Hábitos que melhoram a saúde ocular

12 agosto, 2020     Nenhum comentário     tech_4dmin

Desde o início da pandemia, nós aqui do COA estamos vendo o copo meio cheio, mostrando que há muita coisa boa para enxergar, apesar de todo o contratempo trazido pela Covid-19.

Mesmo em um cenário difícil pra muita gente, tanto pela preocupação com a saúde, o estado econômico do país e o fato de ter de abrir mão de alguns encontros, muitos hábitos adquiridos nessa época podem permanecer, mesmo quando tudo isso passar. Estamos nos referindo a higienização correta das mãos, corpo, compras, recebimento de produtos que chegam pela rua e a diminuição do contato das mãos com os olhos.

Mantenha a pressão sob controle

Permanecendo mais tempo em casa, com academias fechadas e a recomendação para evitar ir às ruas, mesmo que para praticar atividades físicas, algumas atitudes pouco saudáveis podem ter dominado a rotina de muitas pessoas, como o sedentarismo e a má alimentação, gerando problemas à saúde como a pressão alta.

Quando não tratada corretamente, a pressão desregulada pode causar diversos danos, prejudicando até mesmo a visão. A condição pode provocar o aumento da pressão arterial nos vasos sanguíneos responsáveis por irrigar e drenar a retina, levando à retinopatia hipertensiva.

Entre as suas principais consequências, podemos citar as tromboses venosas da retina, catarata, descolamento de retina, hemorragia vítrea e o glaucoma ocular. Assim como a própria hipertensão arterial, em sua fase inicial a retinopatia hipertensiva não apresenta sintomas, o que dificulta seu diagnóstico. Por isso, é fundamental que pessoas com pressão alta façam o acompanhamento preventivo com um oftalmologista.

Evite coçar os olhos

Durante a pandemia, estamos sendo obrigados a conter o hábito instintivo – e prejudicial – de coçar os olhos, já que ao tocar a região com a mão contaminada, podemos transportar o coronavírus para as nossas células respiratórias. No entanto, esse é um cuidado extremamente importante para a manutenção da saúde ocular em qualquer tempo, dentro e fora do risco de contaminação pela Covid-19.

Portanto, é importante cultivar a continuidade desse costume quando tudo isso passar. Nossas mãos estão sempre em contato com germes, bactérias e microorganismos em geral, o que favorece o desenvolvimento de infecções, como a conjuntivite bacteriana.

Além disso, outro fator importante para nos motivar a deixar de vez o impulso de levar às mãos até os olhos, é o tipo da nossa estrutura ocular, que é bastante frágil. A pressão exercida ao esfregar a área pode provocar lesões e doenças mais graves, como o ceratocone.

Não compartilhe toalha de rosto ou maquiagem

O coronavírus sobrevive em diversos tipos de materiais, por isso é importante não compartilhar objetos que têm contato direto com os seus olhos, como colírios, toalhas e maquiagens. Esse hábito, no entanto, deve ser mantido após a pandemia.

Existem várias outras doenças que podem ser transmitidas dessa forma, como a herpes ocular e as conjuntivites virais e bacterianas, por exemplo. O caminho para infecção por microorganismo é bastante simples, mas a prevenção também é!

Continue sua rotina de exames preventivos

Muitas clínicas ficaram de portas fechadas por algum tempo após o anúncio de pandemia pela OMS – inclusive o COA. Esse tempo foi essencial para que pudéssemos rever algumas condutas de segurança contra o novo vírus e promover um atendimento ainda mais personalizado, com a mesma qualidade de sempre.

Por isso, não deixe de fazer seus exames de rotina por medo. Em vez disso, busque auxílio em locais que você sabe que se preocupam com a integridade de saúde da equipe e dos pacientes e continue no caminho da prevenção de doenças oculares.

No COA, nos adaptamos para te atender com toda a segurança, incluindo o agendamento de horários bem espaçados para evitar aglomerações.

Conte com a gente para manter a saúde dos seus olhos em dia! Agende online sua consulta clicando aqui.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + sete =

Cadastre-se em nossa newsletter