Nota baixa na escola? Pode ser problema de visão!

29 outubro, 2020     Nenhum comentário     tech_4dmin

Quem tem crianças em casa sabe o quanto é preciso observar cada detalhe no comportamento deles. O baixo desempenho escolar, por exemplo, é um indicador importantíssimo de que algo pode estar errado.

Se o rendimento insuficiente é algo pontual, isso é, acontece uma vez ou outra, pode ser somente um descuido na hora de estudar – ou aquela preguiça que todo mundo tem.

Mas, se o fato acontecer repetidamente, o assunto é sério: pode ser déficit de atenção, falta de alguma vitamina, cansaço (criança com a agenda com muitas atividades e não sobra tempo para estudar) ou, a causa mais comum, problema de visão.

Por que problema de visão afeta o rendimento escolar?

A dificuldade para enxergar pode afetar muito a aprendizagem. Afinal, se a criança tem dificuldade para ler, isso vai atrapalhar o entendimento e absorção dos conteúdos.

Além das notas baixas e da dificuldade em aprender, um problema de visão pode afetar a personalidade e dificultar a adaptação das crianças no ambiente escolar, deixando-as menos sociáveis, desatentas, tímidas e retraídas.

Por isso a importância de se dar atenção ao menor sinal de desconforto óptico passado pelos pequenos. Observe as seguintes mudanças de comportamento:

  • Leitura com o rosto muito próximo ao livro;
  • Tirar notas mais baixas que o normal na escola;
  • Coçar os olhos com frequência;
  • Necessidade de usar os dedos para guiar a leitura;
  • Sentar-se muito perto da televisão ou outro dispositivo;
  • Sentir dores de cabeça regularmente;
  • Apertar os olhos para enxergar algo distante ou para ler;
  • Apresentar dificuldade para ler, mesmo sendo alfabetizado;
  • Lacrimeja mais que o normal;
  • Tampar um dos olhinhos com a mão para fazer a lição de casa.

Problemas de visão com os sintomas citados podem indicar uma série de problemas oculares, como:

Miopia

A miopia é a dificuldade para enxergar de longe. Normalmente, a imagem captada pelo olho é formada na retina; mas, no míope, essa imagem se forma à frente da retina, tornando a imagem turva, sem nitidez.

Estrabismo

É uma disfunção ocular em que ocorre desequilíbrio dos músculos, fazendo com que os olhos não fiquem paralelos.

O estrabismo é evidenciado pelo olhar desviado: enquanto um dos olhos olha para um lado, o outro aponta para o lado oposto.

Hipermetropia

A hipermetropia, ou dificuldade em enxergar de perto, descreve uma visão desfocada dos objetos próximos, mas que é clara ao olhar à distância.

Astigmatismo

O astigmatismo é uma imperfeição tratável na curvatura do olho, causando dificuldade para focar objetos, pois a visão fica distorcida.

 

Caso sua criança apresente algum sintoma de problema de visão, não pingue colírios ou passe qualquer remédio nos olhos. O mais recomendado é realizar consulta com um oftalmologista pediátrico para avaliar melhor o caso.

O COA conta com médicos especializados em oftalmologia pediátrica em seu corpo clínico. Para agendar um horário, entre em contato pelo (31) 3241-6347 ou faça online a solicitação de datas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =

Cadastre-se em nossa newsletter