O efeito das redes sociais na saúde dos olhos

24 abril, 2018     Nenhum comentário     tech_4dmin

A qualidade da visão e a saúde dos olhos têm impacto direto em nossas rotinas. Nem sempre, porém, é fácil perceber que algo não vai bem ou que alguma sensação de desconforto representa um problema real.

A demora no reconhecimento desse problema retarda a adoção de medidas de tratamento, podendo levar a quadros mais graves. É o que acontece com muitos idosos que não têm uma boa rede social estabelecida.

Mas de qual “rede social” estamos falando?

Se você já leu nosso post sobre Como os smartphones prejudicam a visão, sabe que o uso excessivo de telas pode causar problemas aos olhos. Isso acontece em razão da luz azul-violeta que equipamentos eletrônicos — aparelhos de TV, tablets, smartphones e notebooks — emitem e que pode levar à degeneração da retina.

De fato, esse problema está relacionado ao uso cada vez mais frequente de redes sociais de interação virtual, mas não é bem disso que estamos falando agora. Dessa vez, por redes sociais, nos referimos a redes de pessoas, ao contato face a face e à influência que a presença e atenção dos outros tem na saúde dos nossos olhos.

Como as redes sociais favorecem a saúde dos olhos

Um estudo desenvolvido por oftalmologistas da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, apontou que idosos em contato mais frequente com familiares tiveram mais chances de fazer uma cirurgia de catarata do que aqueles que eram mais distantes

E o que isso quer dizer?

Segundo os estudiosos, há situações que são mais favoráveis para que familiares, ou outras pessoas de uma rede social, notem mudanças de comportamento que possam estar associadas a problemas de visão.

Assim, idosos que têm uma rede social mais ampla, sobretudo composta por pessoas que não moram com eles, têm mais chances de que outros percebam que algo está errado com a saúde de seus olhos.

Para que uma rede social consiga, de fato, perceber mudanças associadas a problemas de visão, é preciso contar com fatores que favoreçam a sua percepção. O mesmo estudo do qual falamos indica que cônjuges ou parceiros não têm a mesma influência quanto à indicação da necessidade de um tratamento para os olhos do idoso, e isso acontece porque pessoas acostumadas a dividir o mesmo ambiente têm mais dificuldade em perceber mudanças e, em alguns casos, podem até estar passando por problemas semelhantes, já que esses são bastante comuns à idade.

Por isso, filhos adultos em visita aos pais estão em melhores condições de perceber que algo não vai bem – e direcioná-los para os devidos cuidados médicos. Esse fato sugere, ainda, que idosos recebam atenção primária diferenciada por parte de profissionais da saúde.

Assim, aumentam-se as chances de que perguntas estratégicas detectem problemas que podem passar despercebidos em razão da falta de uma rede social ativa.

Você já tinha considerado o efeito das redes sociais para a saúde dos olhos? Esteja atento às pessoas do seu convívio e agende uma consulta com a gente para manter a prevenção em dia!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − 3 =

Cadastre-se em nossa newsletter