O que é a ceratite? Conheça tudo sobre a inflamação da córnea!

27 setembro, 2023     Nenhum comentário     tech_4dmin

Entenda tudo sobre o que é ceratite, inflamação da córnea que pode ser ou não infecciosa e que é também conhecida como queratite ou ceratomalacia.

fundo branco; ao lado direito, em zoom, rosto humano, de uma mulher, em perfil, destacando a área do olho, que está aberto e é da cor verde; exemplificando o que é ceratocone e como ela afeta a visão.

A ceratite é uma doença que pode ser infecciosa pela ação de vírus, bactérias e fungos, tanto quanto pode ser desenvolvida por traumas ou o uso de medicamentos, por exemplo.

De maneira geral, essa é uma condição ocular que envolve a inflamação da córnea, uma estrutura transparente localizada na frente do olho, cuja função é proteger a íris e a pupila.

Assim, é importante entender que, para que nossa visão seja nítida, a córnea deve estar íntegra, ou seja, saudável.

Geralmente a ceratite atinge apenas um olho, mas, no caso de uma infecção, pode ocorrer a contaminação do outro, o que prejudica ainda mais a visão do paciente.

O que causa a ceratite?

A ceratite que também é conhecida como ceratomalacia ou queratite pode ser infecciosa, por meio de microrganismos, e não infecciosa, através de outros agentes que alteram, irritam e inflamam a camada superficial da córnea.

Como já citamos, a ceratite infecciosa pode se dar tanto por vírus, bactéria quanto por fungos. Já a não infecciosa, poderá ocorrer por traumas, uso de medicamentos e condições pré-existentes.

A seguir, você pode conhecer as causas mais comuns da queratite:

  • Uso prolongado e higienização inadequada das lentes de contato;
  • Transmissão por vírus, principalmente o da herpes;
  • Contato com água contaminada;
  • Exposição prolongada ao sol;
  • Baixa imunidade;
  • Traumas e lesões na córnea;
  • Doenças autoimunes, como a artrite reumatóide e síndrome de Sjogren;
  • Contato com substâncias irritantes, como produtos de limpeza.

Quais são os sintomas da ceratite?

Conhecer os sintomas da ceratite pode ser o primeiro passo para identificar a doença, contudo, eles podem variar de pessoa para pessoa.

De maneira geral, os sintomas da ceratite são:

  • Vermelhidão;
  • Dor ou desconforto nos olhos;
  • Sensibilidade à luz;
  • Visão turva;
  • Sensação de areia nos olhos;
  • Lacrimejamento excessivo;
  • Inchaço;
  • Coceira na região das pálpebras.

A queratite pode ser tratada?

Embora a doença ataque uma estrutura importante dos olhos, a ceratite tem tratamento, que vai depender especialmente da causa subjacente.

No caso da ceratite infecciosa, podem ser prescritos colírios ou pomadas à base de antibióticos, antivirais e antifúngicos para combater a inflamação.

Já na queratite não infecciosa, o tratamento inclui colírios anti-inflamatórios, lubrificantes oculares, compressas mornas e outras medidas que ajudam a reduzir a exposição a irritantes.

O mais importante é que o paciente siga rigorosamente as instruções do médico  para garantir a eficácia do tratamento.

Em alguns casos, pode ser necessário utilizar lentes terapêuticas ou realizar procedimentos cirúrgicos para tratar complicações mais graves.

Como posso prevenir a ceratite?

Mesmo que o tratamento para a doença seja bem eficaz, existem medidas preventivas que podem ser incluídas na rotina do paciente, tais como:

  • Manter uma boa higiene ocular, lavando pálpebras e olhos com uma gota de shampoo infantil;
  • Retirar as lentes de contato antes de dormir;
  • Higienizar as mãos antes de colocar e retirar as lentes, evitando a contaminação do material com microrganismos;
  • Seguir as recomendações do fabricante para a higiene das lentes;
  • Não use as lentes no banho, piscina ou mar, pois elas vão entrar em contato com substâncias que não são próprias para a limpeza;
  • Utiliza produtos esterilizados e soluções específicas para a higienização da sua lente de contato;
  • Troque o estojo das lentes a cada 3 a 6 meses;
  • Não compartilhe objetos pessoais relacionados aos olhos, como óculos de sol, toalhas ou maquiagens;
  • Evite coçar os olhos.

O diagnóstico da ceratite envolve uma avaliação clínica realizada por um oftalmologista, que irá examinar seus olhos e solicitar exames adicionais, como a cultura de amostra da córnea para determinar a causa específica da inflamação.

Caso apresente esses sintomas, não deixe de procurar os profissionais do COA: estamos sempre prontos para atender você e sua família! Entre em contato com nossa equipe e agende sua consulta!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 6 =

Cadastre-se em nossa newsletter