Os olhos pedem cuidados redobrados no verão!

06 dezembro, 2021     Nenhum comentário     tech_4dmin

É inegável que o verão é a estação mais adorada pelos brasileiros. Por ocorrer no mesmo período que as férias escolares, muitas pessoas aproveitam as altas temperaturas para passar mais tempo na praia, piscina, cachoeira e parques.

Na busca do alívio para o calor, a exposição prolongada à radiação solar pode representar problemas de saúde que vão além da pele. Sua visão, por exemplo, pode se prejudicar no processo. E, obviamente, nossos olhos merecem atenção o ano todo, mas no verão, os cuidados devem ser redobrados.

O que acontece com os olhos durante o verão?

Durante o verão há uma grande preocupação das pessoas em relação à pele, e com razão. Orienta-se, para tanto, o uso do protetor solar. Contudo, poucos sabem que os olhos também merecem atenção especial, já que nessa época do ano os raios ultravioletas têm maior incidência – e a exposição prolongada ao sol pode causar doenças oculares.

As principais são fotofobia, olho seco, conjuntivite, irritação e catarata, além de danos à córnea, ao cristalino e à retina.

Para proteger sua visão e não ser pego de surpresa por transtornos, seguem algumas dicas para cuidar bem dos seus olhos no verão:

Use óculos de sol

A proteção aos olhos começa com a escolha de óculos escuros adequados e de boa qualidade, possuindo lentes contra raios UVA e UVB. A orientação é utilizar o acessório sempre que estiver exposto ao sol, o que acontece em todas as épocas do ano.

Evite a exposição prolongada ao sol

Tomar sol é importante para a saúde, mas, em excesso, faz mais mal do que bem.  A exposição prolongada traz inúmeros problemas para todo o corpo, incluindo a região dos olhos, já que esse é um órgão bem sensível.

Para que o banho de sol não seja prejudicado, prefira horários em que os raios solares estão mais fracos, preferencialmente até as 10 da manhã e depois das 16 horas. E não se esqueça de proteger a região com óculos, boné, chapéu e guarda-sol.

Evite tocar os olhos

É comum a gente estar na praia ou piscina e um cisco entrar no olho. Automaticamente, levamos a mão ao rosto e começamos a coçar. Pode até parecer uma atitude inocente e correta, mas é aí que o perigo mora.

Geralmente, quando estamos nesses ambientes, dificilmente a mão vai estar higienizada adequadamente. É nesse momento que os olhos podem ser porta aberta para doenças e contaminações com a entrada de micro-organismos, vírus e bactérias.

Eles podem causar danos à retina, provocar alergias ou irritações e ainda facilitar a entrada do coronavírus na sua rotina. Melhor não, né?

Cuidados com mar e piscina

Banhos de mar e piscina são diversão para toda a família, ainda mais no verão. Mas, com os cuidados necessários, suas férias vão ser perfeitas. Para isso, é preciso adotar alguns procedimentos para proteger sua visão.

Por exemplo: vai mergulhar? Utilize óculos de natação para evitar o contato dos olhos com água que pode conter microorganismos. Caso isso não seja possível, evite abrir os olhos quando estiver nadando.

Ah, e se mergulhou ou tomou banho de piscina, tome uma ducha de água doce para limpar qualquer vestígio de sal, cloro, areia e outros agentes de contaminação.

 

Por mais que as doenças oculares não pareçam tão graves, incômodos como vermelhidão e coceira podem acabar com seu prazer de aproveitar o verão. E, se não forem cuidados, tais sintomas podem até evoluir para algo mais sério.

Por isso, ao primeiro sinal de desconforto, não perca tempo: procure os especialistas do COA. Estamos preparados para cuidar da sua visão no verão e em todas as estações do ano. Agende aqui sua consulta!

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − quatro =

Cadastre-se em nossa newsletter