Principais sintomas de Fadiga Visual 

13 dezembro, 2021     Nenhum comentário     tech_4dmin

fadiga visual

Pelo menos de vez em quando a gente sente que não está enxergando muito bem… aí a gente para, respira, pisca os olhos… o objetivo é “desanuviar” a visão e enxergar com clareza novamente. Tudo normal.

Mas, se isso acontece com você mais do que apenas “de vez em quando”, saiba que esse pode ser um dos sintomas de fadiga visual. Também conhecida como vista cansada, a condição é natural, com o passar do tempo, mas pode ser potencializada pelo uso excessivo de equipamentos eletrônicos.

Com o avanço da tecnologia, é comum passarmos horas em frente ao computador, celular ou televisão. A mudança do analógico para o digital tem gerado grandes progressos em vários ambientes, mas também provoca riscos à saúde visual. Passamos boa parte do tempo com os olhos fixos nas telas, e, querendo ou não, elas são as grandes responsáveis pela fadiga visual.

Essa é uma condição bem comum, mas nada estimulante. É fato: a fadiga ocular pode diminuir significativamente a nossa qualidade de vida, simplesmente pelo incômodo que causa. Afinal, embora não existam complicações mais graves, a fadiga visual gera sintomas realmente desagradáveis, que trazem irritação, mau humor e até necessidade de fazer uso de medicação.

São eles:

  • Dor de cabeça;
  • Olhos vermelhos;
  • Ardor;
  • Inchaço na região;
  • Mudança na acuidade visual (visão dupla ou embaçada);
  • Desconforto nos olhos;
  • Olhos secos e lacrimejantes;
  • Sensibilidade a luz;
  • Dificuldade de concentração.

Causas da fadiga visual

O uso excessivo da tecnologia não é a única causa para o surgimento da fadiga visual, já que não são somente as telas as “vilãs” da vista cansada. Na verdade, qualquer esforço intenso dos olhos provoca os sintomas já citados, inclusive a leitura de livros, jornais e revistas, e trabalhos manuais que exigem muita concentração.

No entanto, outros problemas oftalmológicos também contribuem para o aparecimento dessa condição, tais como:

Presbiopia

Condição natural do envelhecimento dos olhos, que ocorre após os 40 anos.

Hipermetropia

Erro de refração em que a pessoa tem dificuldade para enxergar objetos mais próximos dos olhos.

Miopia

Erro refrativo em que o paciente não é capaz de enxergar objetos que estão longe.

Astigmatismo

Outro tipo de erro refrativo em que os objetos, estando longe ou perto, são vistos de forma distorcida.

O que fazer para aliviar a fadiga visual

Ao ser acometido pelos sintomas da fadiga visual, a principal dica é: não se automedique. O ideal é buscar ajuda de um médico oftalmologista para que ele avalie a condição, dê o correto diagnóstico e prescreva o tratamento adequado.

Comumente são indicados colírios para melhorar o desconforto dos olhos ressecados e óculos com lentes antifadiga – ou com filtro de luz azul.

Além da prescrição médica, existem algumas dicas que podem ajudar a amenizar os sintomas da vista cansada. Evitar contato direto com ventilador ou ar condicionado e, em tempos secos, utilizar o umidificador, são as principais.

Durante o trabalho, faça pequenas pausas, para evitar a tela dos dispositivos digitais, e aumente o número de piscadas para relaxar a musculatura dos olhos. Por fim, adeque o brilho dos seus aparelhos eletrônicos, que não devem ser fracos ou intensos demais – e evite utilizar celular ou qualquer outro dispositivo luminoso em ambientes muito escuros, principalmente antes de dormir.

 

Mesmo tomando todos os cuidados para aliviar o desconforto da fadiga ocular, não deixe de fazer as consultas oftalmológicas periodicamente. Nós do COA nos colocamos à disposição para realizar consultas, fazer exames e te ajudar a ter mais qualidade de vida a partir da saúde dos seus olhos.

Entre em contato com a gente e marque sua consulta!

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 7 =

Cadastre-se em nossa newsletter