Qual é sua acuidade visual?

08 setembro, 2022     Nenhum comentário     tech_4dmin

idoso faz consulta para ilustrar artigo sobre medição da acuidade visual

Por que será que todas as vezes que vamos ao oftalmologista, o especialista pede para a gente ler algumas letras com tamanhos diferentes? Algumas são tão pequenas que, para um determinado tipo de público, é quase impossível identificá-las.

Na verdade, esse é um teste muito comum em clínicas oftalmológicas, cujo objetivo é descobrir a acuidade visual do paciente, ou seja, o quanto ele realmente enxerga.

O que é o teste de acuidade visual?

O exame de acuidade visual é uma forma simples e rápida de descobrir anomalias na visão. Para isso, é utilizada a Tabela de Snellen. Ela é formada por diversas linhas com letras que vão reduzindo de tamanho. O paciente deve conseguir ler a uma certa distância, o que vai determinar sua percepção visual.

Dessa maneira, o exame detecta a nitidez com que uma pessoa enxerga o contorno, as cores e a forma das coisas. Além disso, também indica se a visão espacial  do paciente é boa.

Nesse exame é preciso considerar dois aspectos: o primeiro é a distância em pés entre o quadro e o paciente, enquanto o outro fator é representado pela fileira menor das letras que pode ser lida. Assim, a distância ideal é de 20 pés.

Vale lembrar que outros exames devem ser  realizados  para que o diagnóstico seja mais preciso, como o uso de equipamentos especiais  e modernos, como é o caso do PAM (Potencial de Acuidade Macular).

O que vem a ser visão 20/20

A condição de acuidade visual normal é chamada de visão 20/20, o que significa que o indivíduo consegue enxergar detalhes em uma distância de até 20 pés — cerca de 6 metros.

Mesmo assim, ter uma visão 20/20 não significa, necessariamente, enxergar com perfeição. Indica apenas que o paciente alcança nitidez e clareza à distância, mas não avalia outros fatores, como visão periférica ou lateral.

Na prática, isso significa que, durante o teste ocular, utilizando a Tabela de Snellen, o paciente deve conseguir ler as letras pequenas em uma das linhas  próximas à parte inferior do gráfico, padronizada para corresponder à acuidade visual normal  ou 20/20.

Dessa maneira, os tamanhos das letras maiores, que ficam acima da linha 20/20, correspondem a piores medidas de acuidade visual, como 20/25 e 20/32, por exemplo. Já as linhas com letras bem pequenas, abaixo da linha 20/20,  equivalem à medidas de acuidade visual ainda melhores que a visão padrão, como 20/16 e 20/10.

A importância de medir a acuidade visual

Pessoas de diversas idades, em algum momento da vida, vão apresentar queixas em relação à visão. A dificuldade em enxergar compromete o rendimento em inúmeros aspectos, como ler, atravessar uma rua, identificar objetos e ver as coisas que são criadas a cada dia.

Por isso a importância de fazer exames oftalmológicos periodicamente. Durante a consulta, o médico avalia a capacidade visual do paciente, identificando erros de refração (miopia, hipermetropia e astigmatismo) e buscando pelo diagnóstico precoce de doenças (catarata, descolamento de retina, glaucoma).

Por isso, visitar o oftalmologista pelo menos uma vez ao ano é fundamental  para o correto acompanhamento da saúde ocular. Em casos específicos, quando a pessoa usa óculos ou tem outros problemas de visão, esse período  pode ser indicado pelo médico.

Nós do COA estamos à disposição para conversar a respeito, tirar dúvidas e fazer os exames necessários em seu sistema ocular.  Agende sua consulta com um de nossos especialistas e descubra como está o desempenho da sua visão!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + dezenove =

Cadastre-se em nossa newsletter