Glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível

10 abril, 2018     Nenhum comentário     tech_4dmin

Você sabia que o glaucoma é a primeira causa de cegueira irreversível do mundo? Atualmente, estima-se que 60 milhões de pessoas tenham ficado cegas por glaucoma, ou por não frequentarem o oftalmologista, já que trata-se de uma doença assintomática, ou por não levarem a sério o diagnóstico e não seguirem corretamente o tratamento proposto pelo médico.

O glaucoma é uma doença do no nervo óptico que não tem cura, mas o tratamento adequado pode retardar bastante o aparecimento de sintomas e evitar a perda completa da visão. Quando diagnosticado de maneira tardia e caso o paciente não siga o tratamento médico sugerido, a incidência da perda de visão aumenta.

Pior do que mostrar esses números é saber que existem meios de detectar o glaucoma em sua fase mais inicial, na qual o tratamento pode evitar sequelas graves como a perda da visão, mas nem todo mundo cria uma rotina de prevenção. Ela pode ser feita de uma maneira muito simples: visitando o oftalmologista regularmente.

Além de estar em contato constante com seu médico oftalmologista, é fundamental estar atento aos principais fatores de risco relacionados ao surgimento do glaucoma, como aumento da pressão intraocular, idade avançada, história de glaucoma na família, miopia e afro-descendência.

Mas lembre-se sempre que nem todo mundo que tem glaucoma vai ficar cego: essa é uma consequência extrema de uma série de fatores, incluindo o diagnóstico tardio e tratamento inadequado. Por isso, não tenha medo de descobrir a verdade e prefira, nessa hora, a máxima do “antes tarde do que nunca”.

Agende o quanto antes sua visita semestral ou anual com o oftalmologista para que sua saúde dos olhos esteja assegurada até quando “imprevistos”, como o glaucoma, acontecem.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 2 =

Cadastre-se em nossa newsletter