O que é uma úlcera na córnea?

18 setembro, 2023     Nenhum comentário     tech_4dmin

Entenda o que é uma úlcera na córnea, uma ferida que afeta a região e que pode advir de diversos fatores internos e externos do paciente e até mesmo levar à cegueira em casos graves.

Representando o que é uma úlcera na córnea, a imagem mostra um receituário com o escrito em inglês "corneal ulcer" e, sobre ele, está uma agenda de capa preta fechada e um óculos de grau de armação preta e fina.

Você já ouviu falar em úlcera? Comumente ligada a problemas gástricos, as úlceras são feridas localizadas no estômago, esôfago, duodeno e intestino delgado. 

Mas, o que muita gente não sabe é que essa condição pode afetar também a região ocular, em especial a córnea.

Causando desconforto e com possibilidade de afetar a visão, para entender a gravidade da doença, precisamos entender primeiro:

Qual a função da córnea no sistema ocular?

A córnea é uma estrutura transparente localizada na parte anterior do globo ocular, ou seja, na frente do olho.

Sua principal função é atuar como uma lente que ajuda a focar a luz, direcionando-a para a pupila e retina, permitindo uma visão clara e nítida.

Além disso, a córnea é responsável por proteger o olho contra poeira, sujeira e outros elementos estranhos, funcionando como uma barreira física.

Em caso de úlcera, uma ferida é aberta nesta região e suas causas podem se relacionar a uma variedade de fatores, tais como:

  • Trauma ocular;
  • Infecções;
  • Lesões;
  • Uso inadequado da lente de contato;
  • Olho seco;
  • Deficiência de vitamina A que leva ao enfraquecimento do tecido corneano;
  • Entrópio: condição em que a pálpebra se dobra para dentro dos olhos.

Quais são os sintomas da úlcera corneana?

Conhecer os sintomas da úlcera corneana é essencial para buscar ajuda médica. No entanto, eles podem variar de paciente para paciente e podem incluir:

  • Vermelhidão nos olhos;
  • Dor intensa;
  • Sensibilidade à luz;
  • Sensação de corpo estranho no olho;
  • Lacrimejamento excessivo;
  • Visão borrada;
  • Secreção purulenta;
  • Edema nas pálpebras;
  • Um ponto branco sobre a córnea.

Se você estiver enfrentando esses sintomas, é importante procurar atendimento médico imediatamente, pois uma úlcera na córnea não tratada pode levar a complicações sérias, como a perda da visão.

Quais os tratamentos para a doença?

O tratamento de uma úlcera na córnea depende da causa subjacente e da gravidade da condição.

Em casos leves, o médico pode prescrever antibióticos ou antifúngicos para combater a infecção e promover a cicatrização.

Já em situações mais graves, pode ser necessário o uso de medicamentos orais ou até mesmo intervenção cirúrgica.

Além do tratamento médico, existem algumas medidas que você pode tomar para ajudar na recuperação de uma úlcera na córnea. 

Primeiro, é importante evitar coçar os olhos, pois isso pode agravar uma ferida e aumentar o risco de infecção. Também é recomendado evitar o uso de lentes de contato até que a úlcera esteja completamente curada.

Tem como prevenir a úlcera corneal?

Prevenir uma úlcera na córnea pode ser difícil, mas existem algumas precauções que você pode tomar para reduzir o risco, confira:

  • Lave sempre as mãos antes de tocar nos olhos ou colocar as lentes de contato;
  • Use óculos de proteção ao praticar esportes ou realizar trabalhos que possam representar risco de lesão ocular ou contaminação por produtos ou corpos estranhos;
  • Evite compartilhar itens pessoais, como toalhas, colírios e maquiagens.

O diagnóstico de uma úlcera na córnea é feito por um oftalmologista por meio de um exame ocular abrangente.

Diante disso, o médico avalia a condição da córnea e identifica a causa da úlcera.

Dependendo do caso, testes adicionais, como culturas de amostras do olho afetadas, podem ser realizados para determinar a presença de bactérias ou fungos.

Não deixe a úlcera na córnea tirar sua tranquilidade e também sua visão. Entre em contato com o COA ao perceber qualquer sinal de alteração ocular.

Temos uma equipe especializada que segue os protocolos médicos para o diagnóstico e tratamento para a sua condição. Agende sua consulta agora mesmo!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 5 =

Cadastre-se em nossa newsletter